Fronteiras: Journal of Social, Technological and Environmental Science

Fronteiras: Journal of Social, Technological and Environmental Science

Basic info

  • Publisher: Centro Universitario de Anapolis
  • Country of publisher: brazil
  • Date added to EuroPub: 2017/Nov/27

Subject and more

  • LCC Subject Category: Environmental Sciences, Social Sciences
  • Publisher's keywords: Social Science, Environmental Studies
  • Language of fulltext: english, portuguese, spanish; castilian
  • Full-text formats available: PDF

Publication charges

  • Article Processing Charges (APCs): No
  • Submission Charges: No
  • Waiver policy for charges? No

Editorial information

Open access & licensing

Best practice polices

Fronteiras: Journal of Social, Technological and Environmental Science

Equipe Interdisciplinar para Utilização de Tecnologias de Comunicação A...

Authors: Samara Lamounier SantanaParreira, Vagner Rogério dos Santos, Lucimar Pinheiro Rosseto, Denise Sisterolli Diniz, Acary Souza Bulle Oliveira
(0 downloads)
Abstract

A comunicação é o agente conector entre ideias, sensações e o meio ambiente, permitindo adequada interação entre os sujeitos. Quando um indivíduo possui deficiência ou dificuldade para comunicar-se por meio dos sistemas de comunicação convencionais, barreiras se instauram e faz- se necessário o uso de Tecnologias Assistivas, que se destinam à ampliação da habilidade. A Comunicação Aumentativa Alternativa atende pessoas sem fala ou escrita funcional. O trabalho em equipe interdisciplinar demonstra melhor resultado nas adaptações e ajustes necessários, além de possibilitar a inovação tecnológica necessária para garantir melhor resultado e efetividade no processo de comunicação. A formação de grupo de pesquisa interdisciplinar e interinstitucional para o aperfeiçoamento de profissionais e pesquisadores em Comunicação Aumentativa Alternativa como: fisioterapia, fonoaudiologia, psicologia, medicina, educação, terapia ocupacional, engenharia, designers, tecnólogos, profissionais de acessibilidade é de extrema importância para o desenvolvimento e divulgação do conhecimento nesta área. Foi estabelecida uma rede entre a Universidade Federal de São Paulo, Centro Universitário de Anápolis, Universidade Federal de Goiás e Faculdade de Medicina do ABC para o aperfeiçoamento de profissionais das áreas de educação, e reabilitação e tecnologias que serão multiplicadores do conhecimento.

Keywords: Comunicação Alternativa e Aumentativa, Interdisciplinaridade, Reabilitação
Fronteiras: Journal of Social, Technological and Environmental Science

Considerações Ecológicas, Sociais e Econômicas sobre o Manejo de Flores...

Authors: Luiz Cláudio Moreira Melo Júnior, Doris Aleida Villamizar Sayago, Fernando Cristovam da Silva Jardim , Manoel Malheiros Tourinho
(0 downloads)
Abstract

A presente nota técnica trata de algumas considerações ecológicas, sociais e econômicas sobre o manejo de florestas nativas na Amazônia. Argumenta-se, com base em teoria e evidências empíricas, que o manejo de florestas nativas, tal como vem acontecendo na região oeste do estado do Pará, à guisa das outorgas florestais propostas pelo governo estadual, possui restrições variadas à promoção do desenvolvimento local e territorial entre as comunidades ribeirinhas da localidade. Essas restrições podem abranger aspectos múltiplos, entre os quais os aspectos ecológicos, sociais e econômicos. O objetivo central dessa nota técnica é apresentar e discutir essas restrições.

Keywords: Manejo de Florestas Nativas, Amazônia, Comunidades ribeirinhas
Fronteiras: Journal of Social, Technological and Environmental Science

Acidentes com Embarcações no Litoral do Piauí: Possibilidade de diálogo...

Authors: Elisabeth Mary de Carvalho Baptista, Tamires Soares do Nascimento
(0 downloads)
Abstract

Considerando a importância dos oceanos para a história da humanidade, e que através de acidentes com embarcações neles ocorridos diferentes terras foram descobertas implicando em novas formas dos homens se relacionarem com seu ambiente, este trabalho foi motivado pelo interesse na compreensão sobre a possível influência desses acidentes na costa piauiense, na configuração geográfica local tanto pelas alterações naturais como nas formas de uso e ocupação no decorrer do tempo. O objetivo foi conhecer os acidentes com embarcações ocorridos no litoral piauiense e sua contribuição para o contexto geográfico e histórico da região. A metodologia constou de pesquisa bibliográfica, documental, na internet e de campo. No litoral do Piauí foram identificados 25 acidentes com embarcações, do século XIV ao XXI, predominando o século XX com maior número registrado até o final da década de 1960, sem indicativos dos anos 70 até 2009, ocorridos em função da pequena profundidade da costa piauiense, sendo em sua maioria naufrágio e encalhe. Estes apresentam possibilidades de contribuir com a geografia e história ambiental do litoral do Piauí destacando-se o naufrágio de Nicolau de Rezende e o encalhe do cargueiro “Lestemar”, incorporados aos relatos da história local e alterando a feição natural da costa piauiense.

Keywords: Acidentes com Embarcações, Litoral do Piauí, Relação Geografia e História Ambiental
Fronteiras: Journal of Social, Technological and Environmental Science

Notas Sobre Florestas no Brasil da Primeira República: Silvicultura, Prese...

Authors: Roberta Barros Meira, Mariluci Neis Carelli
(0 downloads)
Abstract

Este artigo se propõe a discutir os argumentos em prol da silvicultura e da preservação das florestas brasileiras - culminando na organização do Serviço Florestal durante a Primeira República. O presente artigo também visa analisar as preocupações com as mudanças climáticas. A análise que se segue desdobra-se no pensamento de acadêmicos, literatos, agricultores e estadistas baseados em uma documentação que envolve o Ministério da Agricultura, crônicas, revistas científicas e periódicos agrícolas. Nessa análise busca-se perceber como tais atores pensavam a proteção à natureza. Enfim, privilegia-se uma perspectiva teórica fundada na História Ambiental, sintonizando o trabalho com questões econômicas, políticas e culturais.

Keywords: Patrimônio Natural, Agricultura, Silvicultura, Mudanças Climáticas
Fronteiras: Journal of Social, Technological and Environmental Science

Pessoas Residuais e os Resíduos das Pessoas: Problemas e perspectivas da i...

Authors: Valéria Gentil Almeida, Izabel Cristina B. B. Zaneti
(0 downloads)
Abstract

Na perspectiva do desenvolvimento sustentável e da gradual transição para uma economia verde, empregos e igualdade social são temas relevantes. Existe uma relação direta entre geração de emprego, renda e produção de resíduos. O acúmulo desses últimos foi agravado, em nossa época, pelo consumismo exacerbado e pelo crescimento desordenado das cidades, ocasionando sérios problemas como a proliferação de doenças e degradação ambiental. Nos moldes norteadores do esverdeamento da economia, o objetivo deste artigo diz respeito a um dos setores-chave desta, a inclusão socioeconômica dos catadores de materiais recicláveis. Os procedimentos metodológicos utilizados são as de investigação exploratória, pesquisas bibliográfica, documental e de campo (cujos resultados ainda não foram devidamente sistematizados), e consistem em observar e interpretar a real situação desses trabalhadores. As principais conclusões da análise efetuada são as seguintes: (1) parte dos resíduos retorna à cadeia produtiva, e quem trabalha com eles são as ditas ‘pessoas residuais’ que, conceitualmente, são os catadores de materiais recicláveis que sobrevivem por conta da coleta seletiva, comercializando os resíduos das pessoas; (2) a inclusão dos catadores de materiais recicláveis (em sua totalidade) nas cooperativas e associações é emergente, pois a maioria deles ainda não está inserida nestes tipos de organizações e (3) o descumprimento do prazo legal para a implantação de aterros sanitários e a eliminação de aterros controlados e lixões em municípios gera, entre outros problemas, insegurança jurídica.

Keywords: Economia Verde, Inclusão Socioeconômica, Pessoas Residuais, Aterros Sanitários
Fronteiras: Journal of Social, Technological and Environmental Science

Jamais Fomos Ambientalistas

Authors: Nathália Kneipp Sena
(0 downloads)
Abstract

Este trabalho corresponde ao exercício de conclusão da disciplina “Tópicos Especiais em História Social – Fronteira, Recursos Naturais e Conservação da Natureza”, oferecida na Universidade de Brasília. Segue-se a proposta de inter-relacionar e buscar um posicionamento frente ao ideário dos textos debatidos em sala de aula. Abordam-se alguns aspectos a respeito de como as diferenças na construção do conceito de fronteira, ao longo do tempo, podem servir como demarcações para uma busca de posicionamento sobre se fomos, se procuramos ser ou se seremos ambientalistas algum dia.

Keywords: Fronteira, Ambientalismo, Conservação dos Recursos Naturais, Proteção do Meio Ambiente
Fronteiras: Journal of Social, Technological and Environmental Science

Autopercepción de la ansiedad en alumnos de Grado de Educación Infantil y...

Authors: Isabel María Merchán Romero, Juan de Dios González Hermosell, Guadalupe Martín-Mora Parra
(0 downloads)
Abstract

Este estudio forma parte de una investigación más amplia cuya finalidad es analizar la influencia de la competencia emocional en el clima social de un aula y en el rendimiento académico de los alumnos. La ansiedad es uno de los factores que inciden negativamente en el rendimiento y los resultados obtenidos por estudiantes en situaciones de examen. El presente estudio pretende conocer la Autopercepción de Ansiedad en universitarios. Para ello se ha tomado como población a alumnos del Grado de Maestros de la Universidad de Extremadura durante el curso 2013-2014, seleccionando una muestra de 114 estudiantes de entre 18 y 20 años. Se han obtenido datos a través de la aplicación de un Test de Autopercepción de Ansiedad en situaciones de exámenes. Los resultados muestran que el nivel de ansiedad de los estudiantes ante situaciones de examen es elevado y las manifestaciones cognitivas son las que se presentan en mayor medida.

Keywords: Ansiedad, Alumnos, Universidad, Exámenes
Fronteiras: Journal of Social, Technological and Environmental Science

Proposta de um Jogo Pedagógico para dar Visibilidade a Violência Domêsti...

Authors: Dora Mariela Salcedo Barrientos, Paula Orchiucci Miura, António Pedro Costa, Elienai de F. G. Siqueira
(0 downloads)
Abstract

A gravidez na adolescência é considerada um determinante social e um grave problema de saúde pública, devido a sua magnitude e amplitude e não é apenas fruto, mas também é um determinante da disfuncionalidade familiar. A violência doméstica também constitui um grave problema de saúde pública, uma vez que afeta profundamente a integridade física e psicológica das vítimas. Este estudo tem como objetivo apresentar uma proposta de jogo que atenda as necessidades em saúde das adolescentes grávidas que frequentam um Hospital Universitário na cidade de São Paulo. Este artigo apresenta o perfil de 61 grávidas e as principais necessidades em saúde destas adolescentes e é com base nestes resultados que a proposta de jogo será apresentada. Portanto, este jogo deverá ser desenvolvido no intuito de qualificar e fortalecer o atendimento dos profissionais no seu cotidiano, principalmente, para no que tange a atenção à esta população.

Keywords: Violência doméstica, Adolescentes Grávidas, Profissionais de Saúde, Gênero, Jogo
Fronteiras: Journal of Social, Technological and Environmental Science

Espécie e Floresta: A araucária nos discursos ambientais e na produção...

Authors: Alessandra Izabel de Carvalho, Robson Laverdi
(0 downloads)
Abstract

O artigo busca analisar como determinadas construções simbólicas, discursivas e imagéticas que engendram efeitos e processos de produção de sentido para a araucária e, na sua esteira, para a floresta com araucária foram pensadas e divulgadas ao longo do século XX no Paraná. Nosso argumento é que a devastação florestal ocorrida no estado tem sido obscurecida por discursividades centradas na espécie e na sua importância para o desenvolvimento econômico do Paraná em paralelo de um certo “esquecimento” da floresta a que ela pertence. Para tanto, centramos a atenção na forma como ambas, espécie e floresta, foram versadas pelo Movimento Paranista, pelos pesquisadores Romário Martins e Francisco Carlos Hoehne e em quatro comunicações apresentadas no 1º Congresso Florestal Brasileiro, realizado em Curitiba no ano de 1953.

Keywords: Escrita Alfabética, Alfabetismo, Colonização Portuguesa, Mata Atlântica, Período Colonial
Fronteiras: Journal of Social, Technological and Environmental Science

Palavra & Território: Escrita alfabética e a colonização portuguesa da...

Authors: Diogo de Carvalho Cabral
(0 downloads)
Abstract

Juntamente com as armas de fogo, os animais domésticos, os micróbios e o aparato estatal, o alfabeto integrou o dispositivo biotécnico que os europeus renascentistas usaram para conquistar, espoliar e governar os povos ameríndios da Mata Atlântica, a partir do século XVI. Como em outras partes do Novo Mundo, a escrita foi fundamental para a apropriação retalhada dos ecossistemas nativos, incluindo suas populações humanas (privatização fundiária, escravização etc.). Não obstante, o alfabetismo acabou se adaptando aos territórios americanos. Uma das expressões mais poderosas dessa adaptação foi o processo por meio do qual o alfabeto, a princípio uma técnica de subjugação, acabou se tornando um instrumento de resistência ameríndia ao controle colonial. Alfabetizados nas missões jesuíticas, os nativos adquiriam a competência linguística necessária ao questionamento dos processos que simbolicamente viabilizavam a apropriação e transformação de seu território. Até agora, o exemplo mais bem estudado desse tipo de resistência “de dentro para fora” do sistema é a rebelião Guarani que lutou contra a implementação do Tratado de Madrid, na década de 1750.

Keywords: Escrita Alfabética, Alfabetismo, Colonização Portuguesa, Mata Atlântica, Período Colonial
Fronteiras: Journal of Social, Technological and Environmental Science

Vale do Rio Doce: Fronteira, industrialização e colapso socioambiental

Authors: Haruf Salmen Espindola
(0 downloads)
Abstract

O Vale do Rio Doce - VRD tem motivado investigações nas mais diversas áreas do conhecimento, por parte de pesquisadores nacionais e estrangeiros. O interesse é atraído pelas variadas imbricações de processos socioambientais, socioeconômicos, socioculturais e políticos. O VRD se manteve como fronteira aberta, até meados do século XX, quando, finalmente, acabou a disponibilidade de terras e se encerou a frente pioneira. Concomitante ao povoamento, ocupação econômica e formação dos núcleos urbanos, se implantou pela ação do Estado grandes projetos de investimento, particularmente nas áreas de siderurgia e mineração. Se para atores vinculados à modernização a fronteira era vista como depositária de recursos naturais, para as pessoas que chegavam com esperanças diversas a fronteira era uma terra prometida. No caso do VRD, a frente pioneira, fenômeno comum na história brasileira, foi impactada pela territorialização de grandes investimentos de capital, que assim definiram uma dinâmica histórica particular. O fim da fronteira foi marcado pelos primeiros sinais de se tratar de um processo insustentável, cujo desfecho é o colapso socioambiental. Entretanto, isso não se coloca para os atores envolvidos, que teimam em reproduzir uma visão ufanista. Portanto, esse artigo trata da visão da paisagem, da ideia de natureza, das narrativas sobre a fronteira e do discurso sobre o território, ou seja, construções culturais, ideias e discursos escritos sobre o VRD.

Keywords: Minas Gerais, Vale do Rio Doce, Frente Pioneira, Frente de Expansão Demográfica, Grandes Investimentos de Capital
Fronteiras: Journal of Social, Technological and Environmental Science

La Perspectiva Interdisciplinaria Aplicada al Estudio de las Transformacion...

Authors: Marina Miraglia
(0 downloads)
Abstract

El territorio es el resultado de un complejo y dinámico proceso de construcción histórica, en el cual intervienen dimensiones espacio- temporales, factores físicos identificados por el clima, la geomorfología y la hidrografía y las variables socio económicas y políticas que le otorgan su característica fundamental y que lo diferencia de otros. Los casos de estudio que se analizaron en la tesis de doctorado en la cual basamos esta presentación (Miraglia 2013) son las cuencas hidrográficas de las Lagunas Encadenadas del oeste de la provincia de Buenos Aires, en un ámbito rural y la cuenca del río Reconquista del noroeste de la Región Metropolitana de Buenos Aires en un ámbito urbano. El estudio de los procesos de construcción territorial histórica se realizó a partir de los aportes teóricos de la EcoGeografía y la Climatología Histórica, las interrelaciones, desde los Sistemas Complejos y los procesos histórico geográficos desde la Geografía Histórica y la Historia Económica.

Keywords: ransformaciones ambientales, Perspectivas interdisciplinarias, Cuencas hidrográficas
Fronteiras: Journal of Social, Technological and Environmental Science

A Lepra Mora no Morro: O “refúgio” de leprosos em Anápolis, Goiás, B...

Authors: Giovana Galvão Tavares, Josana de Castro Peixoto, Janes Socorro da Luz , Dulcinea Maria Barbosa Campos, Rogério Seabra Monteiro
(0 downloads)
Abstract

Guardada as devidas restrições de uma pesquisa em andamento, este artigo tem por objetivo apresentar a formação e consolidação do ‘refugio’ dos leprosos em Anápolis. Para a realização da pesquisa foram percorridos os seguintes passos: coleta e análise de relatos orais, imagens fotográficas e documentos de arquivos individuais e institucionais, públicos e privados. O leprosário instituído em Anápolis não fazia parte da rede de colônias existente no Brasil, ele, nos anos de 1930, foi construído pela Sociedade São Vicente de Paulo, por meio de doações públicas e privadas, posteriormente, anos de 1940, foi desativado com a criação da Colônia Santa Marta em Goiânia. Nos anos de 1950 o refúgio surgiu e passou a agregar os doentes fugitivos das colônias e, durante as décadas seguintes, os residentes sobreviveram de doações (alimentos, roupas, etc) feitas pela sociedade local que as entregavam no Morro para evitar que eles fossem para a cidade. Por esse motivo grupos em situação de miséria residentes em Anápolis se agregaram aos leprosos e constituíram um território doente e miserável, abandonado pelo poder público, ficando a mercê dos cuidados de grupos que muitas vezes eram responsáveis por conflitos existentes no local.

Keywords: Território, Lepra, Refúgio, Lugar
Fronteiras: Journal of Social, Technological and Environmental Science

Colonização, Saúde e Religião: A medicina pioneira e o poder simbólico...

Authors: Sandro Dutra e Silva, Heliel Gomes de Carvalho, Carlos Hassel Mendes da Silva
(0 downloads)
Abstract

Esse artigo procura identificar a prática médica protestante e sua influência na constituição do espaço social na Colônia Agrícola Nacional de Goiás (CANG), criada pelo governo federal em 1941. No final da década de 1930 no Brasil, o governo federal instaurou uma política de colonização do interior do país no movimento conhecido como “Marcha para o Oeste”. Essa política visava favorecer a migração interna e a ocupação territorial de áreas de baixa densidade populacional no Brasil. As políticas médicas adotadas na CANG tiveram como elemento característico a predominância de médicos protestantes, cujo suporte inicial foi dado pelo médico missionário inglês James Fanstone, diretor do Hospital Evangélico Goiano em Anápolis. Assim, além do enfoque biográfico dos médicos pioneiros, esse trabalho tem por objetivo identificar a influência da “medicina pioneira”, não apenas na prática médica, mas também na constituição simbólica da CANG. Para tanto, a base documental privilegiará os relatórios, relatos memorialistas, entrevistas e outros registros documentais que permitam identificar as formas de combate às doenças tropicais no sertão goiano na primeira metade do século XX, e o papel do saber médico como capital social na construção do poder simbólico da CANG. Nossa intenção é apresentar a relação entre migração, colonização e as práticas médicas no Oeste do Brasil, tendo como elemento articulador a história da saúde e a medicina tropical.

Keywords: Migração, Colonização, Poder Simbólico, Goiás, História da Saúde
Fronteiras: Journal of Social, Technological and Environmental Science

Identificação de novos fármacos contra a doença de Chagas através de e...

Authors: Juliana Rodrigues, Nayara Rodrigues Alves , Fernanda Galdino da Silva, Pedro Vitor Lemos Cravo
(0 downloads)
Abstract

A doença de Chagas, causada peloTrypanosoma cruzi, acarreta elevada mortalidade e morbilidade em regiões tropicais e subtropicais. Na ausência de uma vacina eficaz, o seu controle é dependente do tratamento de pacientes.Entretanto, apenas dois fármacos, benzinidazole e nifurtimox, são oficialmente utilizados. Contudo, estes são incapazes de gerar cura e apresentam elevada toxicidade. Neste sentido, o trabalhoteve como objetivo identificar novas terapias contra a doença de Chagas, fazendo-se uso de uma aproximação bioinformática. Foi primariamente utilizada a base de dados do genoma doT.cruzi para selecionar potenciais alvos terapêuticos envolvidos em mecanismos de transporte intracelular. Depois cada um dos alvos terapêuticos selecionados foi introduzido em duas bases de dados que permitiram identificarfármacos baseando-se no critério de homologia com proteínas de outras espécies paraas quais já existem drogas eficazes. Este processo permitiu identificar dez novas drogas com o potencial de eliminar ou inibir o crescimento do parasita.

Keywords: Chagas, Trypanosoma cruzi, Fármacos, Genômica, Bioinformática
Fronteiras: Journal of Social, Technological and Environmental Science

A Capacidade do Estado Brasileiro em Eliminar a Endemia Hansênica

Authors: Roseli Martins Tristão Maciel
(0 downloads)
Abstract

O presente artigo procura analisar a capacidade do Estado para solucionar a condição endêmica da hanseníase no Brasil, considerando essa instituição, não como uma entidade isolada e autônoma, mas como protagonista do processo decisório de políticas públicas que recebe influências diversas, dentre as quais, de seus próprios órgãos e de sua trajetória histórica. O objetivo é identificar e compreender algumas das razões pelas quais a hanseníase permanece uma endemia no país, mesmo sendo uma doença curável com o uso de algumas poucas cartelas de medicamento que é distribuído gratuitamente pelo SUS (Sistema Único de Saúde). O estudo fundamenta-se nas concepções de capacidade do Estado em sua relação com as políticas públicas nas perspectivas de autores institucionalistas.

Keywords: Capacidade do Estado, Hanseníase, Endemia
Fronteiras: Journal of Social, Technological and Environmental Science

A Construção da Lepra em Goiás: Contágio e isolamento (1890-1943)

Authors: Leicy Francisca da Silva
(0 downloads)
Abstract

Nesse artigo, apresentamos uma análise do processo de construção da lepra em Goiás a partir da observação dos enunciados dos envolvidos na elaboração das políticas sanitárias goianas, no período compreendido entre 1890 e 1943. Esse recorte temporal deve-se ao fato de pensarmos a constituição localmente de um discurso construtor da enfermidade anterior à elaboração do chamado tripé institucional de controle da moléstia. Nesse período, são elaborados argumentos justificando a necessidade de isolamento dos atingidos para a proteção dos sãos. Tais assertivas relevavam a necessidade do tripé institucional formado pelo leprosário (para o isolamento dos enfermos), o preventório (para afastamento e assistência dos filhos de doentes isolados) e os dispensários (responsáveis pelo acompanhamento dos que tinham tido contato próximo com doentes, os chamados comunicantes). O problema central que direciona a pesquisa é pensar qual o papel central dos estabelecimentos criados anteriormente ao tripé de ataque à lepra na definição das políticas de assistência aos doentes no estado? Como os discursos produzidos concomitantemente com a constituição desses estabelecimentos foram competentes para a transformação da enfermidade relacionando-a diretamente ao risco do contágio e à necessidade do isolamento dos doentes?

Keywords: História, Saúde e Doença, Goiás, Lepra/Hanseníase

About Asrpc

ASRPC International is an amalgamation of Open Access Publications and worldwide international science conferences, workshops, database, scientific network and events. Established in the year 2011 with the sole aim of making the information on Sciences and technology "Open Access" (Sjournals.com), ASRPC International publishes scholarly journals in all aspects of Science, Engineering, Management and Technology journals. ASRPC International has been instrumental in taking the knowledge on Science & technology to the doorsteps of ordinary men and women. Research Scholars, Students, Libraries, Educational Institutions, Research centers and the industry are main stakeholders that benefited greatly from this knowledge dissemination.